Maldito grampeador...

...quebrou a minha unha!
Engraçado como mulher se preocupa (e se estressa) com tantas coisas né?? É a unha que quebrou,a meia calça que rasgou, o cabelo que tá com a raiz aparecendo, a unha que lascou o esmalte, a cutícula, a sobrancelha pra fazer, a depilação - cera quente ou cera fria? Sem contar as outras milhões de preocupação que temos na vida.
Sim, somos todas doidas!!! E como diz o livro da Martha Medeiros: Doidas e Santas.

Não me conformo quando dizem que mulheres são o sexo frágil. Não me conformo mesmo e tenho dito. Mulher faz tanta coisa ao mesmo tempo e não reclama, mestrua e sente cólica todo mês e não reclama, fica grávida durante 9 mês, carrega o peso do barrigão e sente dores do parto e também não reclama. Mulher cuida de casa, filho, marido, mão do marido, sua própria mãe, sua vida, trabalha e tb não reclama. E como diz aquela velha frase bem clichê: faz tudo oq o homem faz e de salto alto e podem areditar: não reclama da vida!!! Se fica doente, se mantém firme porque tem uma casa e uma família dependendo dela pra sobreviver ( tá, exagerei). Mais que é verdade é. Agora, para pra pensar - se um homem fica com uma dorzinha de barriga, ele acha que é apêndice e jura que vai morrer!!!! Imagina se nós mulheres tivéssemos que depender deles?!?! Acho que seria a extinção da raça feminina.. rs*

Não tô aqui fazendo um post feminista não, que fique bem claro. Só me veio essa idéia de "colocar as mulhrer num altar", só porque eu acabei de quebrar minha unha tentando colocar mais grampo no granpeador... pra mim isso foi quase o apocalipse!!! E nós mulheres merecemos um pouco mais de respeito e de credibilidade. Afinal somos boas como todo mundo e temos os memos direitos como qualquer outro homem... É que ainda me irrita muito saber que alguns homens se sentem incomodados com o fato de mulheres assumirem os mesmos cargos de trabalho que eles ou cargos superiores.É que os homens ainda acham que vivemos na idade de pedra - no tempo em que o "capitão caverna" saia pra caçar e nós cuidávamos da caverna e dos "caverninhas". Acho que soa como ofença pra muito homem saber que suas parceiras ganham um salário maior ou que tem um emprego melhor. Anfam... isso nunca vai mudar. Ainda vivemos numa sociedade com muitos machistas e viveremos ssim pra sempre porque certas coisas não mudam!

----------
Bjo*
Escrevi muita coisa?

Ah, fica a dica:
Livro: Doidas e Santas (Martha Medeiros)

3 Borboletas em meus jardim:



Jay Olliver disse...

Hahaha Adoreeeeeeeeeeeeeeeeei!E quero ler esse livro...Na verdade mulheres reclamam sim das dores e tudo mais,porém os homens reclamas das mínimas coisas.Verdadeiramente a raça feminina se extinguiria se dependesemos deles rsss


Adorei aqui Gabys bju bjuuu =*

principessa__tenebre disse...

Ahh eu procuro esse livro mas ja me falaram q só vou axar no centro do rio :( enfim... nem fale isso tudo q da ate vontade de socar a cara de homens q falam essas coisas, e VIVA A NÓS MULHERSSS!

Sonhadora disse...

rsrsrsrsrsrsrsrsrs
Amiga, nem tanto ao mar, nem tanto ao céu. Há muito tempo atrás alguém (nem adianta que não lembro, pq fora a multidão com quem convivo ainda tem os sazonais - pessoas que ficam minutos do meu lado e depois somem) que havia um erro em se exigir direitos iguais para homens e mulheres: homens e mulheres não são iguais.
A pessoa pregava que as mulheres deveriam ter exigido seus direitos livres desse jargão "direito igual", até mesmo para manipular o macho nacional - que se sentiu com o orgulho ferido ao ser rebaixado ao patamar da mulher (rebaixado só na cabeça do tal macho).
Achei isso perfeito! Realmente merecíamos direitos. Os nossos, não os deles. Assim eles não nos tratariam como tratam os seus, seriam obrigados a nos tratar como merecemos!
bjs

Postar um comentário

Oiê minhas lindas borboletas. Deixem recadinhos, dúvidas, críticas, sugestões e afins. Meu jardim está sempre aberto pra todos.
Beijokas da GabrioLLeta
=*